Entender quais são e como se aplicam os impostos incidentes sobre a nota fiscal de serviço te ajudam a manter a sua empresa de acordo com o Fisco, evitando multas e sanções. É obrigação do empreendedor pagar em dia os seus impostos e declarar os seus ganhos. Mas o sistema tributário do Brasil é complexo, ainda mais quando se trata de prestação de serviços onde a responsabilidade de fiscalizar o pagamento dos impostos é de cada prefeitura, ou seja, as regras não são padronizadas.

Dependendo do seu serviço ou do local onde ele foi prestado a alíquota do imposto incidente sobre essa nota fiscal pode variar. Confira quais são os impostos incidentes sobre a NFSe:

  • ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza);

  • INSS (Instituto Nacional do Seguro Social);

  • PIS/PASEP (Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público);

  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social);

  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido);

  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica);

  • ICMS (Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação).

O principal Imposto quando falamos de NFSe é o ISS, mas vale o entendimento sobre cada um dos impostos separadamente para identificar quais a sua empresa tem obrigação de pagar.

Avalie este artigo nos emojis abaixo. Ajude a entender como estamos nos saindo!

Encontrou sua resposta?