O Recibo Provisório de Serviços, popularmente chamado de RPS, é um documento que tem como função substituir a NFS-e temporariamente. 

O objetivo é evitar que você tenha problemas com o Fisco e ainda tenha que pagar juros e multas por não ter emitido o documento na data correta.

Então, em situações emergenciais, você o utiliza para comprovar algum trabalho realizado. Nele, deve constar os dados do comprador, as informações sobre o serviço prestado e o CNPJ da sua empresa, que vai gerar a nota fiscal posteriormente. 

O RPS é numerado e deve ser impresso em duas vias: uma para a empresa e outra para o prestador do serviço.

A boa notícia é que quando você emite suas notas pelo Asaas, nós controlamos tudo isso para você, simples assim.

  • Nossa recomendação é que você consulte seu contador para obter essas informações. Ele vai saber orientar você na obtenção desses dados.
Encontrou sua resposta?